Recent Visitors

Seguidores

Translate

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Tudo Acabou!



Não saber o que digo
Não entender o que penso,
Frases sem sentido,
Sem nexo e sem censo,
Para que lutar?
Será para sobreviver?
Para que amar?
Se essa luta não irei vencer.
Para que provar o meu valor
Se tudo acabou
É como o amargo sabor
De não saber para onde vou,
As palavras tornaram-se inúteis
Quando não há perdão
E os meus gestos fúteis
Calaram meu coração,
Será uma longa viagem
Para deixar de sofrer,
Será um ponto de viragem
Do interior do meu ser.
A tristeza dos meus olhos
É o espelho do meu coração
E dos absurdos sonhos
Que se tornaram numa ilusão…


José Coimbra

terça-feira, 24 de maio de 2011

Vem pra Mim!



Contigo cubro meus sonhos
Quando estamos corpo a corpo
Pele a pele

Sentindo desejo contínuo
De estar contigo, amando sem parar
E nesse pecado saudável
Quero continuar...

Sentir as suas mãos pelo meu corpo
Os beijos na nuca
O gemido em meu ouvido
Saído de tua boca
Que está querendo a minha...
Um afago em meus cabelos
o dedo circulando meu rosto
Com muito carinho
E é nesse momento de carinho
Que digo baixinho:
Te quero
Vem para mim...
Fatima Abreu 
Luso Poemas




Coração em desalinho - Maria Rita - Musica da abertura de Insensato Cora...




Vou abrir meu coração!
Porque que uns estão a sorrir?
Enquanto outros estão a chorar?

Será que está além destas portas?
Acho que vou abrir...
No fim do túnel brilha um clarão
Vem em minha direção
Eu veja então a luz.

A solidão é seu castigo,
Sem namorado, sem amigos
Pela triste noite vagueia,
Só...não Ama, não chora.
Cambaleia.

Outro outono,
No chão entre
As folhas...
Os sonhos vagueiam!!!
Luso Poemas

terça-feira, 17 de maio de 2011

Foi a Anja do Amor



QUE ME ENSINOU...

Tudo em mim urge com máxima
urgência,
porque teus lábios e tua fofura estão
chegando,
e nem sei em que lugar vou guardar
as tuas asas.

Ah...então você chega...sem que
te esperasse,
pois eu apenas sabia que de repente
iria aparecer,
redondinha como uma mini dália
avermelhada.

Hum...como você pode ser assim
tão bonita,
e me deixar desse jeito todo
encabulado e cheio de desejos ?

Você chega em mim...
e ainda me chama de meu bem.
E fico pensando que ser um bem de
alguém assim
é como sentir-se um vaso simples
para uma rosa tão exuberante.
Então olho teus olhos que brilham
nesta noite em
que te sinto colada em mim...
tão justa
quanto no teu vestido...
que você até sabe qual é a cor.

Ah...esta paixão de você...deslinde
de minhas ânsias !
E então quebrando o encanto
com que se vestia a noite,
ela me olha de um jeito extravagante,
quase louco,
e me diz apenas no refino de sua
língua amante :
vem meu bem...você sabe que hoje
eu quero tudo de você.
E você sabe por onde eu quero
começar.

Hum..e eu sei sim...por onde ela
quer começar...sei direitinho.

Mas, na realidade, eu nem
sempre soube.
Ela é que me ensinou...
CoraçãoCassio Seagull

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Feliz Aniversário Maria Bernardete!!



Alguma coisa está acontecendo,

olhei para o céu, cadê as estrelas???
o sol sumiu;
a lua partiu.........

Sumiram as rosas dos jardins,

Sumiram os peixinhos do mar,
E vento deve estar soprando em outro lugar......

Em busca de ajuda,

procurei os anjinhos,
e nem eles consegui encontar.
Quando de repente um deles,
eu vi tentando escapar.......

Não exitei, e fui logo perguntando:

Anjinho, anjinho: -O que está acontecendo???
E o anjinho mesmo que apressado,
respondeu ao meu chamado:
-Meu rapaz, você não tem do que se preocupar,
todos saíram para comemorar,
o aniversário da pessoa mais linda.......deste lugar......
Fernando Finatti

domingo, 8 de maio de 2011

Mães!

Mãe branca, mãe preta, mãe amarela
Mãe loura, morena ou ruiva
Mãe caseira ou cigana itinerante
Mãe de todas as raças, de todas as cores
Mãe que mendiga, mãe que trabalha
Mãe que freqüenta alta sociedade
Mãe que é mãe a todo momento
Sem importar condição social
Mãe é só uma palavra que soa
Como favos de mel dentro da boca.
Mãe guerreira, mãe preciosa
Mãe zelosa, preocupada
Mãe cozinheira, lavadeira, até lixeira
Mãe empresária, industriaria, comerciaria
Mãe dona de casa, madame ou empregada
Mãe que luta com todas as garras
Mãe que batalha por um bem-estar
Por querer muito para o seu filho ou filha
Que sempre tenha em seu mundo
Momentos de muita paz e amor
Com um crescimento interior
Que o faça um alguém nesta vida.
Mãe biológica, mãe adotiva
Mãe que reza, que abençoa
Mãe que perde noites de sono
Mãe que ensina a ler e escrever
Mãe que nos mostra o que é a vida
E o caminho certo a percorrer
Mãe que é Pai em sua ausência,
Pai que é Mãe em tempo integral
Como o substituto adequado
Sem ter medo de ser piegas
Mas por necessidade primordial
De chegar enfim ao final da estrada,
Ver seu rebento crescido, vitorioso
Como um grande ser humano real.
Mãe que sempre incentiva
A lutar, vencer, crescer
Como gente, ser humano
Sem pisar no semelhante
Procurar ser alguém importante
Acreditar em Deus, ter fé
Mãe que só pensa no que é melhor
Mãe que acarinha, que acalanta
Mãe que bronqueia na hora certa
Mostrando um caminho para seguir
Mãe que está sempre presente
Em todas as horas
Mesmo que a distância se faça sentir.
Mãe é mãe não importa onde esteja
Não importa o que seja
Nada tira o seu valor.
E por você mãe presente, onipotente
Que se orgulha por ser mãe,
Por correr atrás do tempo
Tentando suavizar suas marcas
Por você que é mãe ausente
Mãe que existe só na lembrança
Que partiu tão de repente
Deixando no ar só a saudade
Eu te faço esta homenagem.

Mãe de todo dia, ano por ano
Mãe, Mamãe, Mãezinha
Mammy do meu, do seu coração
Este é o nome mais lindo
Suave, sonoro, abençoado
Por Maria, rainha de todas as Mães.
Que Deus guarda com todo carinho
Bem no meio da palma de sua mão.

(Autor Desconhecido)

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Mãe!


MÃE...
dos primeiros passos, das primeiras
palavras...

MÃE...
do amor sem dimensão, de cada momento,
dos atos de cada capítulo de minha vida
não ensaiados, mas vividos em cada
emoção...

MÃE...
da conversa no quintal, do acalanto do
meu sono aquecido de amor, aninhada
em seu coração...


MÃE ...
do abraço, do beijo que levo na
lembrança...

MÃE...
é você que me inspira a caminhar...

MÃE...
a presença de cada passo que o
tempo não apaga: por mais longo
e escuro que seja o caminho, haverá
sempre um horizonte...

MÃE...
Mulher a quem devemos a vida,
que merece o nosso respeito,
nossa gratidão e nosso afeto.


Feliz dia das Mães!