Recent Visitors

Seguidores

Translate

terça-feira, 26 de junho de 2012

Ah! Esse amor tão intenso!




Sobre um brocado dourado
seus cabelos
se desmancham, enquanto
seus olhos se cerram
mostrando
em seus  lábios rubros toda a
força magnética da paixão !


Não há como responder
àquele por que...
o qual   me envolve como
se todos
os porquês  fossem apenas
uma gama restrita a uma
unidade...
apenas num só por quê !

Você... pássara de muitos
e muitos voos,
olhe bem dentro dos meus
olhos...olhe !

Meu tempo está pequeno
para você...
que de meu voo quer toda
a imensidão, para
adentrar dentro de mim,
como a dança das horas.

Entenda esse  porquê...
entenda...
que eu mesmo tento
entender...

Na fonte magna de todos
os porquês...
te encontrei...buscando uma
resposta
que fumegasse no horizonte
como um
sinal apache que te dissesse:
eu te amo.

Cante Adele...cante...jogue
teus lindos
cabelos ao vento que eu
quero pensar
você como uma joia preciosa
e como um
vento arrebatador
que vai e vem...e que bate
em meu rosto
mostrando tua paixão...
em sol maior.

Ah...esse amor tão intenso...
que você sabe...Uiiii !
Me deixa mais que tenso !!!


Autor : Cássio Seagull em
15-06-12 SP

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Doces Ilusões!



Depois de escrever 3 quilos 
para meu grande amor...
vem a resposta : oi.

Por isso...fui ouvir uma 
Pastorale 
de Secret Garden,
em que o som de um
maravilhoso violino me levava 
manso e inevitavelmente 
ao portal de minha 
sensibilidade mais extrema.

E lá estava você de novo...
no teu átrio do amor,
como se encerrada dentro 
de um cofre apanágico,
no qual , sem a chave, eu 
nem te poderia encontrar.

Agora você é para mim 
uma ilusão,
como um anjo que alçando 
infinito voo...
já não volta mais aos meus 
braços.

Resta então...neste momento 
indefinido...esse teu rosto...
transformado em lembrança
para que eu não me esqueça 
que você pode alçar voo a 
qualquer instante.

E não voltar mais para as 
minhas doces ilusões !
Que triste !!!

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- o-
Autor: Cássio Seagull em 24-06-12 

Amor verdadeiro -Poema By Rinaldo Peres