Recent Visitors

Seguidores

Translate

domingo, 18 de maio de 2014

Tudinho, meu Amor!!

olhos, brilho, da lua,


Surrealmente até me 
pergunto...
onde foi que deixei 
teus olhos,
que queria ver e nem 
posso ver,
pois o brilho da Lua 
nem deixa
já que está toda cheia 
de brilhos.

As horas furtivas se 
escondem
como se não houvesse 
mais tempo,
pois se te deixo...não é 
por querer,
mas porque o destino 
é imprevisível
e afasta de mim esse 
teu belo sorriso.

Culpas da internet...
dizem uns.
Não...culpa é dos 
vírus 
dizem outros,
mas navegar... 
as ondas 
não deixam,
e tudo se perde 
num 
branco on-line
onde...se não te 
vejo 
mea culpa nem é.

Até o deus google...
desaparece 
nesta voracidade 
virulenta....
que o mundo dos 
hackers criou
para perturbar a 
paz mundial
e afastar da tela um 
grande amor,
como o teu assim...

Sorry...meu amor...
sorry.

Amanhã quem sabe 
será melhor,
quando a doce ilusão 
for passear
e nós dois pudermos,
enfim, amar.

Amar...tudo o 
que não se amou.
Tudo... meu amor !!!

Cássio Seagull

quinta-feira, 15 de maio de 2014

A Leveza de Teu Querer!!

amar


Num nascedouro
de antigas ilusões
meu verbo amar
logo te conjuga,
e posso enunciar
sem me perder,
que segue ainda
sendo: eu te amo.

Você então me
responde airosa
e há sempre... pelo
meio... um eco
que ressoa e faz
palpitar meu ser,
enquanto você
desveste o tempo.

Abre-se, então...
esse teu coração
que como flor ao sol
se oferece...para
sentir um agradável
calor e despertar
em mim teus desejos.

Ah...essa leveza de
teu querer
que sutil me enche
de felicidade...
não é maior que
minha volúpia
de em meus braços
ter-te inteira.

Voa a borboleta na
escura noite,
como se fosse um
misto de augúrio
e logo...a certeza
de um seu tatear
que me busca de
toque em toque.

Clarins...sim é
preciso tocá-los,
pois se na hora
precisa
desato-me,
é porque em ti
confio
o meu ato,
para que não
fique
num entreato.

Alce teus encantos
em meu peito,
para que nosso amor
seja perfeito,
e abra teus olhos
de uma só vez.

Veja, meu amor...
estou aqui...
sou teu sonho...
não vê ?
Hum...e você
o meu !

Cássio Seagull

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Te Quero! Meu Amor!



Viajam todas as 
vontades 
nessa busca que é 
por você,
meio estrela...meio 
princesa.

A lua hoje... um tanto 
pálida,
mas intensa e quase 
completa,
brilha e faz-me 
pensar muito em ti.

Há uma irresistível 
vontade
de me ancorar em 
teus braços,
como se não houvesse 
mais portos.

Essa imaginação 
flamante...
que me revolve as 
emoções,
faz-me sentir mais
você em mim.

Ah...esses desejos 
guardados...
são todos pensando 
em você,
e mesmo este verso 
é todo teu.

Hum...meu amor...
você é minha 
fonte dos desejos
intensa...
e impulsiva !

E como não te 
querer ? 
Diz...

Cássio Seagull

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Bem Juntinho!!

flores nas mãos


Com as flores todas 
nas mãos,
tua beleza floresce 
em meus olhos...
encantando-me
nesta noite 
de estrelas distantes, 
mas belas.

Um country canta 
para a sua baby
num arrastão 
de puras emoções.

Suas palavras 
lavram sentimentos
que agora sinto,
nesta profusa 
dimensão de Clark.

Ah...nem te vi 
direito neste dia,
porque a vida pode 
ser um aluvião
que nos leva de um 
lado para outro,
e nos perdemos nas 
ruas movimentadas,
onde a multidão 
mais parece um 
grande mar.

Mas não pense que 
hoje te esqueci,
pois você sabe 
que isso é impossível,
já que onde quer que 
meus passos me levem
meus pensamentos 
sempre seguem juntos
pois onde esteja você... 
está aqui, bem pertinho.

Hum...eta vida !!!
Com você sempre 
será melhor !
E bem pertinho.
Bem juntinho !!!

Cássio Seagull

terça-feira, 6 de maio de 2014

Até o Fim!


Os sonhos vão se 
trocando
e se misturando 
nos meus,
porque teus olhos 
eu vejo,
e neles encontro 
a janela
que me mostra 
tua beleza,
que mesmo tardia, 
é este hoje...
pois tudo agora 
acontece.

Hum...teus ires 
e vires 
que me mostram 
energias
num crescendo 
amoroso
entre nós muito 
querido,
e que esperamos 
sempre,
pois a vida assim 
nos pede
em sua postura 
imparcial.

Amor...vem e não 
fale nada,
pois no silêncio 
eu te quero
muito mais do que 
imaginas,
já que nele posso 
exprimir-me
e logo, afogueada, 
espremer-te
em meu peito já 
nada silente.

Vem...vem ser meu 
acelerador,
pois em mim vou te 
dar desejos
para que te sacies 
todo em mim.

Amor..vem...eu sou 
toda tua, sim.
Te espero...vem...
vem em mim
para que eu te coma 
com meus olhares...
até o fim...até o fim !

Cássio Seagull

sábado, 3 de maio de 2014

Nossa...E, como me Sinto!!



Nem é preciso que 
digas
tudo aquilo que 
gostas
de expressar neste 
pôr de sol,
pois a lua está 
nascendo
para mostrar 
sua claridade
e você... teus 
ocultos desejos.

Afundo-me como 
um barco,
nestas minhas 
fofas ilusões...
que parecem um 
quieto mar
onde um horizonte 
se perfila,
como se diante 
dessa tua beleza
que você nem pode 
esconder,
porque faz parte de 
ti mesma.

Voam céleres alguns 
pássaros
nesta vertigem feita 
de horas
que nem é possível 
controlar.

Você pega primeiro 
minha mão
e eu a aperto forte 
na minha...
neste caminho todo 
enevoado,
onde nossos rostos 
são faróis
e a nossa paixão uma 
tocha acesa,
que nos leva ao topo 
do amor.

Te abraço...e em mim 
sinto-te !
Ah...isso eu já disse...
você se lembra?
Hum...você é meu doce 
absinto.

Nossa ! 
E como em mim te sinto !

Cássio Seagull