Recent Visitors

Seguidores

Translate

domingo, 26 de dezembro de 2010

UM AMOR AQUI E OUTRO LÁ.

Hum...agora ficou difícil pensar
em poesia,
porque acabo de vir de um texto
de reciclagem,
que acabou reciclando a minha
cabeça inteira.


E como reciclagem não combina
com poesia,
logo pensei que combinaria contigo
meu amor,
já que estamos nesse nosso reciclar
apaixonante,
mas que para mim não deixa lauréis
como queria,
pois teus olhos estão agora refletindo
para o sul
passando sem me ver no trópico
de capricórnio.

Eles estão divididos...esses teus
olhos negros.
E você se mexe toda de indignação
de eu estar
passeando por outras estrelas
que não as tuas.

Mas te digo que quando juntamos
nossos brilhos
é quando todo o céu se ilumina
sem aquelas
mal apagadas estrelas.
E eu posso te olhar nos olhos e te
dizer:ainda te amo.

Mesmo sabendo que nosso
destino
cruzou os limiares
de nossa paciência...
aquela da qual sempre
desejamos e que ainda é
entendida razoavelmente
como suportável.

Ah...essa véspera...você lá e
eu aqui.
Eu te querendo aqui...e você me
querendo lá,
e no meio disso tudo as tuas
incertezas do amor.

Hum...essa paixão...flecha ligeira...
da meia noite...
E você lá e eu aqui !!!
E eu te querendo aqui e você me
querendo lá...
O tico tico cá...o tico tico lá...rsrs.

E eu que sei o quanto você me
quer hoje...neste
agora mesmo...neste instante...
Ah..eu sei...
porque eu mesmo te quero...
neste instante.
Ah..eu sei !!!
Mas você também sabe...
que eu sei.

Então vem amor,
vou te esperar nesta noite
das estrelas ...fulgurantes.


-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o -o-o-o-o
Autor:Cássio Seagull

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Sinto que estou sozinha....


Tarde tão gelada!!
Ninguém em casa..
tudo vazio...
ouço musicas antigas,
no meu cd
me trazem tantas recordações
e tantas mágoas...
Por que me sinto assim,
tão só?


Lá fora, a chuva não para de cair
fina, fria e gelada...
eu tão pensativa,
tento fazer algo,
que não lembre tanta tristeza!

Sento em frente a Tv,
e não consigo me concentrar
na minha visão e em meus pensamentos,
só vejo, beijos e abraços,
carinhos e sussurros...


Cheia de emoção,
fico mais triste
tenho tantas vontades
e meus segredos
não posso conta-los...

Mas, quando o sol surgir,
certamente, eu estarei mais alegre
e terei esquecido essa tristeza,
e essa depressão,
misturada com as dúvidas
que quer surgir muitas vezes,
em meu coração...

Mas, o ponteiro dispara..
e meus olhos se enchem de lagrimas,

tantas promessas..

sofro como um cão, sem dono
sózinho na rua,

pegando chuva, sol,

pegando doenças e feridas...

Sinto que estou sozinha...

Aquele Amor, já me esqueceu!!

Quando a saudade bate,
meu coração sofre...
e te encontro nas teclas
mas, voce nem quer falar comigo...
e eu me entristeço..pois sei
ja esta do outro lado,
 falando com outro alguém
quer me negar, mas é tão evidente
que não tem nem como responder...
mesmo que seja uma desculpa qualquer...
e hoje, que estou livre
e tenho meu tempo
para teclar com voce..
se escondeu...

A certeza que tenho
é que não represento mais nada
pra voce
e então essa revolta, me deixa amarga
triste,
e me sinto a pessoa...a pessoa..
aquela pessoa rejeitada
pelo mundo, pela vida, por voce...
que eu sempre considerei tão lindo
hoje esta aqui dentro do meu coração,
como aquela pessoa que não quer mais
saber de mim...

e nessa chuvinha fria de verão,
então resolvo, me envolver
numa cobertinha quente,
e sair daqui..
onde talvez eu nunca devesse ter entrado..

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Queria!


Queria tanto que o tempo parasse
por uns instantes
parasse, somente nos bons momentos...
parasse sempre, quando estou de bem com a vida
e assim...viveria sempre cheia de sorrisos

Cheia de idéias novas,
de loucuras
de abraços, de beijos
de ilusões...

Ahhh ilusões, tão bom viver delas
e tão bom pensar que tudo vai dar certo
tão bom pensar que a vida é bela...
de bons momentos, sempre se vive bem..

O dificil é encarar, o mal...
encarar as desilusões,
encarar as brigas
encarar as duvidas,
as mentiras...os ciumes...
mas, o tempo passa e eu prefiro mesmo,
esquecer tudo de mal
fazer uma limpa no meu coração
colocar nos meus pensamentos
só as coisas boas,
as amizades boas,
os elogios bons...
a musica que envolve o coração...
e assim...vou vivendo, e vivendo vou amando
e amando, eu sou feliz !!!!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Meu querido papai Noel!!



Nunca lhe escrevi, mas hoje vou colocar todos os meus sentimentos
nesse pedaço de papel...
Resolvi resgatar, aquela criança que no passado,
tinha o brilho nos olhos,
e o coração cheio de esperanças
e que esta dentro de mim ainda...

Bem, meus pedidos mudaram...
mas, com certeza o senhor podera me atender...
Gostaria de uma caixa em forma de coração
Que representa a vida!!


vou guardar dentro dela,
todo amor que tenho pra dar,
toda esperança que ainda tenho em meu peito
toda a saude, que eu ainda terei...

Tanto carinho que eu tenho pra distribuir,
compreensão que quase não existe mais, nos dias de hoje
Também guardarei toda solidariedade que é sempre tão necessaria...
Guardarei os meus sonhos, não deixarei que escapem por entre os meus dedos
E nessa caixa em forma de coração,
caberão também todos os meus sorrisos,
que ofereço aos meus amigos que tanto adoro, e amo!

Guardarei também....
Todos meus momentos felizes, e não esquecerei de nenhum...
a minha gargalhada infantil
as saudades, pois existem nela as provas de amor
e de bons momentos....
A confiança, pois precisamos dela...
A minha lealdade, para que possam contar com ela sempre
A enorme felicidade, para que eu possa compartilhar sempre...


O brilho do meu Olhar!!
Guardarei também os meus desejos mais secretos,
para que um dia eles possam se realizar...
Lagrimas, que serão também de felicidades
Tudo que a vida me fez passar,
para que me servisse de aprendizado...
e assim ser uma pessoa melhor..

Eu guardarei essa caixinha,
bem dentro do meu coração,
pois sei que ela sempre permanecera la..

Que a chegada do Natal
faça com que a criança
que existe dentro de nós....
Nasça novamente...


Eu, criança, estou viva
e cheia de sonhos...
estou a espera do meu milagre...
que é o Natal!!!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Minha Alma gemea!


Lá no além...já vem chegando
minha alma gêmea...
toda cheia de energia
e transbordando de paixão.
Chega, e senta-se ao meu lado
querendo um colo, um abrigo
um roçar de mãos.

Deita-se em meu colo,
e espera carícias,
suaves carícias,
e eu, devagar passo minhas mãos
levemente pelo seu rosto,
e canto baixinho uma canção
de paz,

uma canção que penetra suave
em nossos ouvidos
e que me faz  sonhar.
Fecho meus olhos,
e cantando, vou suavemente
passando as mãos
pelo seu rosto, pelos seus lábios
e pelos seus cabelos.

Levanto-me... e dou minhas mãos
para que possamos de mãos dadas,
caminhar  longamente, devagar,
meditando e sorrindo.
Olharmos nos olhos para
sentir todo o calor do desejo...

Após algum  tempo,
soltamos nossas  mãos e
ele se volta, e segue em sentido inverso.

Vejo, lá longe,
minha alma gêmea
fazendo um adeus para mim
jogando-me beijos,
e de longe, sinto todo calor da paixão.
Sinto que todos os meus sentidos estão
plenos

e sei então, que ele é mesmo a minha
alma gêmea,
aquele que nunca irei esquecer
e que quero para sempre !!!



terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Eu, e meus sentimentos, por Zezé di Camargo e Luciano!


Muitos e muitos anos atras,
eu ja ouvia falar muito de voces...
o zezé era compositor
compunha musicas lindas
para outras duplas
e o luciano,  também ja iniciava como cantor...


nunca, eu pude estar num show de voces
não. por não querer
mas, por não poder

minha saude, era nessa época muito fragil
e de jeito algum, eu me atreveria a ir algum show
mas, o tempo passou....
e eu passei a amar mais e mais voces
aquele amor de fã especial

pois voces, compõem e cantam musicas
romanticas demais
e por eu ser uma pessoa muito sensivel
me acostumei com essas letras
e me acostumei com esse amor de fã e idolo...

Hj, nesse presente, e nesse passado também
eu adquiri e adquiro tudo que posso de voces
principalmente as noticias
os babados
o que falam de mal, eu jogo no lixo...
não me importo...
porque todo ser humano tem defeitos e qualidades..
mas, vejo em voces, muito mais qualidades

e vejo também, que apesar do cansaço
nunca deixam de tirar uma foto com as fãs
estão sempre ali, presentes...
respeitando o momento delas
e o momento de voces...

Zezé sempre diz que a vida dele é cantar
que não saberia viver sem o canto
e nós, não saberiamos viver
sem a alegria, nem o sorriso dos dois

eles nos transmitem, amor, fé, esperança
que todo ser humano precisa, pra sobreviver
e pra viver feliz...

E um, simples gesto de carinho vindo deles
nos basta...
um ¨oi ¨no twitter é tudo que nos deixa felizes
é o amor, que mexe com nossas cabeças...
é o amor que sentimos por essa maravilhosa dupla
que nos faz acreditar
que ainda existem pessoas tão lindas e do bem

e eu ainda, não pude ir a nenhum show de voces
por ser essa pessoa de saude tão fragil...
mas, por aqui pela net,
eu vou conhecendo mais e mais voces
e esperando que um anjo caia do céu e
me leve ate voces!!
 


Sonhos, sonhos..Lindos sonhos....



A noite foi tranquila
não existem lembranças,
apenas sonhos que não eram mesmo reais



alguem se envolvia na minha cintura
e me puxava para seus braços
e eu, quentinha na cama

ia rolando por entre o torax nú
de um homem que era meu sonho...
ele, passava a mão por entre meus cabelos
e me beijava ardentemente,

se enroscava por entre meu pescoço,
minhas orelhas,
sentia sua lingua quentinha, pela minha pele
e, eu me virava, de um lado para o outro da cama
sentia tudo, como se a realidade estivesse ali
ao meu lado....


mas, era um sonho lindo...
que ficou mais lindo,
quando acordei e lembrei
dessa imagem tão real
e tão sufocante....
sonhos, sonhos....lindos sonhos!!!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

E Quando? E então!!



E quando eu chamar,
e voce me responder
e quando, eu pedir
e voce me trouxer,
e quando eu chorar,
e voce vier, me consolar
e quando eu sorrir,
e voce sorrir comigo...


e quando, nós formos apenas um
e voce dira que seremos mesmo...
então, eu serei sim
uma pessoa, completa e feliz...
e então, de mãos dadas, andaremos
a beira do mar...
descalços, por entre beijos e abraços

e quando finalmente nossos planos,
poderemos fazer juntos,
e quando eu pedir e voce vier....
então eu serei sua
então, eu  serei feliz
então, eu  de mãos dadas
com voce, olhando o luar
e deitadinha em seus ombros..
aos beijos e abraços
e direi, finalmente
sou sua, exclusivamente sua!!


Mari Angela Muller

Despedida!!





As pessoas passam,
frente a mim,
mas, não as vejo....
apenas sinto que ao meu redor
sombras, vem e vão....

Vivo de cabeça baixa,
por entre minhas pernas..
como se nada mais me restasse
nem o passado, nem o presente...

estou sem ilusões,
sem previsões
nada me resta,
as palavras, ja não fazem mais sentido

sinto nelas, uma grande falsidade,
e então, choro, choro, e vejo;
quanto tempo perdi, pensando que te queria

enquanto voce, queria apenas
rir dos meus sentimentos
que nunca foram teus...

onde esta aquela minha alegria?
meus sorrisos?
onde estou eu a cantar?




onde eu estou?
perdida, tão perdida nesse mundo
e me sinto um nada.....

estou vazia, dentro de mim,
nada faz sentido
nenhuma palavra, nenhum olhar
nenhuma flor,
nenhuma musica



Me traga de volta, ao meu mundo
que eu tanto amava
me traga de volta
aos meus sentimentos
aos meus sorrisos

onde andarei?

Mari Angela Muller

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

PODERIA SER A HORA... MAS NÃO ERA...






A chuva cai pesada como uma
enxurrada celestial,
e meu corpo se deixa molhar
neste chuvaréu,
só para sentir-me mais próximo
dessa natureza bravia.

Meus pés chapinham as poças
que vão se formando,
e sinto esse frio embrulhando
os meus pés descalços.

Hoje, estou mais feliz do que
em outros dias,
só porque ela disse que estava
feliz da vida,
e que gostava de sorrir,
justamente
por essa razão,
pois nada nesse mundo
tirava dela o seu sorriso.

Hoje ela se aproximou...e me
olhou nos olhos,
pois queria descobrir em mim
meus sentimentos,
e se surpreendeu porque
meus olhos
estavam quentes de paixão.

Canalizávamos, finalmente,
nosso próprio canal e não
apenas outros canais,
e nele iniciávamos o nosso
mergulhar das paixões,
essas que sentia, como um
fogo em mim crescer,
enquanto ela dizia que se
sentia fria,
e necessitada de calor.
Sua proximidade exacerbava
meus instintos,
e eu sabia que nela havia
uma loba escondida.

Agora estávamos os dois,
um defronte do outro.
E havíamos chegado a um
descruze de dois caminhos...
o de antes,
marcado pela ventura da
amizade,
e o de hoje...em que outros
sentimentos nos uniam.

Agora eu sabia e ela também...
que o canal
do amor estava aberto.
Apenas para nós dois.

A temporada de Diana estava
aberta...
Para nosso festival de todos
os desejos.
E na trilha dos lobos...as nossas
pegadas...estavam agora
mais que visíveis,
e marcavam estes momentos...
indescritíveis.
Estávamos juntos para mais
um encontro.
Diana assestava seu arco,
Pois loba ela era na alma.

Hórus... brilhava...intenso...
num céu perfeito,
mas Diana agora fugia de
seus raios causticantes.
Ela havia entendido que
com Hórus não podia.
Nele, ela apenas se perdia,
nada mais.
O tempo da entrega
ainda não chegara...
Não era a hora...ele sabia.
Ela também.
No entanto,tudo ardia.



-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o -o-o-o
Autor: Cássio Seagull

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Chuva Fina!! Lu Pasqualli

A chuva cai lá fora docemente,
Chuva fina e delicada...
Meu pensamento te procura...
Nossos olhos se procuram, com aquele brilho outrora da paixão…
Nossos lábios parecem falar a linguagem do amor…
Ao som das gotas da chuva, nossos lábios e corpos se unem...
Minhas mãos percorrem seu corpo, ualll, que sonho...
Meus lábios procuram os seus...
Nossas mãos entrelaçadas vivem um desejo e uma louca paixão...
É como se eu pudesse sentir o perfume e o calor da sua pele em mim,
É como se quiséssemos recuperar todo o tempo perdido...
Desejos, paixão, carinho e sedução...
Todo esse amor, misturado ao doce som da chuva,
Resultou no auge do amor...
Pensamentos...há pensamentos....que tanto nos fazem sonhar...
E a chuva continua lá fora, doce, fina e delicada... ♥♥

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Você é Felicidade!

Você é felicidade!!


Não brigue com as lagrimas que teimam em querer deixar você.
Não sofra em silencio...deixe elas irem...abra teu coração para o mundo.  Tem gente querendo nele entrar e te fazer feliz...
Olhe o Universo que te rodeia e todas suas energias que te levam
ao mundo da realidade maior. 



A alegria é de Deus e os sonhos são seus. Avance! chegue ao teu mundo interior  descubra tuas forças, alegre-se com  colorido da paz e do amor. E um novo tempo chegara junto com quem te espera pela eternidade.  Você é felicidade!!

Autoria: Anne Icav

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Um mundo muito Cor de Rosa a todos....

 Eu sou branco. Vé vermelho.
Quando estamos juntos somos rosa.
Antes de eu conhecer você, eu não sabia o que era rosa.
Até que eu vivia bem sozinho: comia o que e na hora que eu queria; saía na hora quando bem entendia para ir ao lugar que tinha vontade de ir,numa liberdade, independência e auto-suficiência.


Quando eu vi você, fiquei vermelho de paixão e nem me incomodei com os meus brancos.
Até perceber-me que eu já não era mais o branco.
Foi quando o vermelho começou a me sufocar e então, brancamente, me protegi.
Mas às vezes eu me irritava e brigava com você.
No fundo, era porque você era vermelha e não branca igualzinho a mim.
Percebi-me em alguns variados momentos querendo mudar a sua cor. Ainda bem que você soube permanecer-se vermelha,
ter suas próprias emoções, sentimentos, comportamentos e pontos de vista.
Caso contrário, você seria também branca.
Mas tive minhas reticências, pois estava acostumado ao meu ritmo e modo de vida branco.
Temi perder minha individualidade.
Mas aos poucos fui descobrindo que o branco para se transformar em rosa
não é perder, desestruturar-se e desaparecer, mas é completar-se com o vermelho.
O rosa me atemorizou, mas hoje vejo quanto é gostoso conviver, relacionar-me, amar e ser amada.
Dá mais trabalho porque nem tudo pode e deve ser feito brancamente, mas sem dúvida tudo pode ser mais gostoso e rico com o vermelho.

Freqüentemente, um bom lanche branco não é tão agradável quanto um singelo jantar rosa.
Um mundo muito Cor de Rosa a todos....
IÇAMI TIBA

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

A Arte de não adoecer




Se não quiser adoecer... ...Fale de Seus Sentimentos. Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos "segredos", nossos erros...



O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia! Se não quiser adoecer... ...Tome Decisões. A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões.
Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele. Se não quiser adoecer... ...Busque Soluções. Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo.
Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença. Se não quiser adoecer... ...Não Viva de aparências. Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro.
Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor. Se não quiser adoecer... ...Aceite-se. A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável.
Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia. Se não quiser adoecer... ...Confie. Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento.

A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.   Se não quiser adoecer... ...Não Viva Sempre Triste. O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. "O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia!
(Dr. Dráuzio Varella)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

É SIMPLES...

“Para amar não é preciso complicar
Apenas vivê-lo e saber simplificar
Somente desta forma se conhece
 
O verdadeiro e eterno amor”

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Muito além de uma porta


Se você encontrar uma porta à sua frente, poderá abri-la ou não. Se você abrir a porta, poderá ou não entrar em uma nova sala. Para entrar, você vai ter que vencer a dúvida, o titubeio ou o medo. Se você venceu, você deu um grande passo: nesta sala vive-se. 


Mas também tem um preço: são inúmeras as outras portas que você descobre. O grande segredo é saber quando e qual porta deve ser aberta.
Os erros podem ser transformados em acertos, quando, com eles, se aprende. A vida não é rigorosa: ela propicia erros e acertos. Não existe a segurança do acerto eterno.

A vida é generosa: a cada sala em que se vive, descobre-se outras tantas portas. A vida enriquece a quem se arrisca a abrir novas portas. Ela privilegia quem descobre seus segredos, e generosamente oferece afortunadas portas.
Mas a vida também pode ser dura e severa: se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela sua frente. É a repetição perante a criação. É a monotonia cromática perante o arco-íris.
É a estagnação da vida. Para a vida, as portas não são obstáculos...
São apenas diferentes passagens.

(Dr. Içami Tiba)



quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Quase


                           


Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem 
quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou.

Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono. Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A 
resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos “bom dia", quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz. 



A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o 
mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.

Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance; para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. 


O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. Pros erros há 
perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.

Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.”

                    

www.rivalcir.com.br
        

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Fugaz...

Que noite linda!
A lua desponta tão bela
Murmúrios de ventos infindos
Invadem a minha janela
Minha alma ao som dos pássaros
Empalidece, entristece...
Meus olhos emudecem
Gotejam triste pranto
E no túrgido horizonte avisto
Entre as nuvens que o céu polvilha
Um clarão que repentinamente brilha
Nesse momento uma imagem fulgura no espaço
Surge um lindo anjo
Com leves passos pelo chão
Com a sutileza de um furacão
E a intensidade de um tufão
Sorrateiramente me seduziu
Despiu-se despudoradamente
Expondo intencionalmente
Sua alma encantadora
Um olhar tão cativante
Um sorriso estonteatente
Fascina, entorpece, alucina, entontece


Mais sereno que o mar
Mais doce que o mel
Mais cândido que o luar
Mais belo que o céu
Seria um anjo?
Uma miragem?
Ou simplesmente tolos devaneios?
Como pode alguém ser tão perfeito?
Envolveu-me em teu corpo sedutor
Despertando as mais íntimas loucuras de amor
Desejos insanos, proibidos
Tórridos sussurros
Lânguidos gemidos
Carícias ardentes
Paixão eloqüente
Feitiço, vício...
Pecado, libido
Mas de repente...apenas chamas
O silêncio no ar
E daquele momento mágico...
Restam apenas lembranças
Loucura? Talvez...
Procura? Insensatez
Ainda espero por outra aparição
Ó destino cruel! Ó infatigável pensamento!
Que tormento!
Que nega um vão contentamento
Contemplar mais um só momento
Um anjo...uma miragem!

Mel Mascarenhas

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Janelas da Vida


                   


Abra a janela do teu coração e
 deixe a alma  arejar!
Sabe aquele cheiro de mofo de sonhos que envelheceu e
você nem se deu conta? Deixe que o vento leve para longe...

 Livre-se também do ranço amargo de toda mágoa e do rancor, faça uma boa limpeza na vidraça do coração, garanto que você enxergará melhor a vida lá fora.



Deixe a luz  inundar tudo, apagar as marcas das decepções, as tristezas das derrotas e da mania de sofrer por sofrer e acima de tudo, permita que o sol derreta o gelo da solidão.

Apaixone-se por um sorriso e sorria junto, ilumine as janelinhas dos olhos... Ame a pessoa que o espelho reflete todas as manhãs. Escancare a janela dos desejos e esbanje sonhos, ninguém sonha em vão, e também não é verdade que os sonhos fogem, as pessoas é que desistem, e eles morrem. Desenhe um horizonte além da tua janela, exagere nas cores e

Faça florescer  todos os campos que sua vista alcança.
Vá além, muito além.... Abra a janela da vida e seja pleno em cada coisa ainda que pareça pequena. Viva com a espontaneidade de uma criança.

Debruce na janela e não olhe a vida passar através dela... Viva!


(Lady Foppa)

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

MÁGOAS DO CORAÇÃO


Quanta tristeza e revolta existe dentro de um coração magoado... Alguém que sofre por uma paixão não correspondida, é capaz de fazer as maiores loucuras para se vingar daquele que a desprezou.
Se a tentativa de vingança é justa ou não, não cabe aqui discutir. O que se deve ponderar, é que nenhuma atitude de vingança é racional, principalmente nesses casos de amor não correspondido, pois da mesma maneira que uma pessoa se apaixona por alguém, esse alguém pode não se apaixonar por ela. Em não havendo a reciprocidade de sentimentos, nada há para se fazer.
De nada adianta insistir, implorar, muito menos brigar. Se por um motivo qualquer não se conseguiu conquistar o coração de alguém... a única solução será esquecer esse alguém... procurar varrê-lo da memória, pois quanto mais ficar falando nessa pessoa, mais ela estará presente em sua cabeça, e mais dificilmente será esquecida.

A atitude mais lógica num caso desses, certamente será procurar esquecer quem não quis seu amor, e simplesmente continuar a viver sua vida normal.
Para esquecer uma mágoa de amor, nada melhor do que outro amor... ajuda a esquecer bem depressa. Poder-se-á argumentar que os amores não estão aí, à disposição, para serem colhidos.
Certo, mas se ficarmos apenas curtindo a "dor de cotovelo", e procurando descobrir maneiras para "ferrar" o culpado de nossa tristeza, será mais difícil ainda esquecê-lo.
Então o melhor é sair de vez de sua vida, e que esse alguém siga sua existência em paz.
Quanto mais tentativas fizermos para prejudicá-lo, mais estaremos mostrando o tamanho de nossa mágoa, e mais nossos inimigos estarão "curtindo" nossa infelicidade.
Uma atitude superior é o que se impõe. Estufar o peito, empinar o nariz, e ir em frente. Será muito mais fácil esquecer de tudo, e "curar" o coração magoado.
Um sábio provérbio oriental diz: "Um coração alegre não precisa de remédios".
Essa é a atitude mais sábia... Bola prá frente na vida. Outros amores virão. Se por acaso não vierem, o coração estando alegre, será muito mais fácil conquistarmos o amor que mais nos interessa, que é o amor próprio. Este é o maior amor que devemos ter e cultivar.
Sentimentos de ódio e de rancor só trazem dor e mágoa, e além disso, atrapalham a volta da alegria ao coração, e esta faz muita falta, não tenham a menor dúvida.
Não resta a menor dúvida de que esses sentimentos de vingança acabam por envenenar a alma, impedindo-nos de raciocinar com clareza, pois uma atitude violenta, sempre poderá gerar uma resposta idêntica, transformando o que seria um simples desentendimento, num campo de batalha, nunca trazendo bons resultados para quem quer que seja.
Sabendo acalmar nosso furor, poderemos pensar melhor, chegando facilmente à conclusão de que atitudes atrabiliárias não conduzirão a nada de bom. De que nos servirá ver o "inimigo" destruído? Nossa mágoa não estará curada com isso... pelo contrário, estará sempre presente na nossa idéia, enquanto arquitetamos planos maquiavélicos para derrubar outra pessoa.

Ora, o sol nasceu prá todos. Todos tem o mesmo direito à vida. Vamos deixar que cada qual viva sua vida, e vivamos a nossa numa boa, em paz, sem nos preocuparmos se fulano ou sicrano está bem ou mal . Curtamos nossa existência, vivamos em paz, que logo todas as mágoas serão esquecidas, e logo teremos "alegria no coração", não nos fazendo mais falta o amargo remédio da vingança.
Bem, com essa idéia na cuca e com muita alegria no coração, quero convidar todos os amigos e amigas a um brinde com a melhor das bebidas que existe... uma gostosa "Batida de Amor e Compreensão". Gostosa, e faz um tremendo bem para o coração e o espírito, não tenham a menor dúvida...

Numa noite tenebrosa, um homem foi detido por um indivíduo que, educadamente, lhe diz: Desculpe-me senhor... mas, teria a bondade de ajudar um pobre desgraçado que está com fome e desempregado, sem dinheiro nem outros pertences neste mundo, além deste revólver ?

Marcial Salaverry

domingo, 10 de outubro de 2010

A flor do amor




Quando em teu coração desabrocha, cheia de vida, a flor perfumada do amor, lembra-te que alguém a plantou certo dia, dentro de ti. Quando o teu coração se ilumina do suave colorido do pôr-do-sol, lembra-te que alguém amanheceu contigo.

Quando o fogo da paixão abrasa o teu coração, consumindo todas as tuas fibras, na imolação do prazer, lembra-te que alguém acendeu esta chama. Quando teu coração estiver bordado de sonhos dourados, tecidos com fios de luar, lembra-te que alguém coloriu teu mundo interior.


Quando a noite encontrar-te com o coração partido e angustiado pelas amarguras colhidas durante o dia, lembra-te que alguém possui o lenitivo de que precisas. Quando teu rosto não puder conter a torrente de lágrimas que se afundam pelas dobras do travesseiro, lembra-te que existe alguém te esperando de lenço na mão.

Quando a insônia te revolve desesperadamente na cama, lembra-te que alguém pode semear sonhos de paz em tua mente. Quando a solidão te oprimir e o teu grito não encontrar eco, lembra-te que lá do outro lado alguém ama a tua companhia e entende o teu clamor.

Quando os teus segredos não cabem mais dentro de ti, ameaçando romper os diques de tua alma,
lembra-te que existe alguém disposto a recolhê-los e guardá-los com o carinho e a dignidade que tu esperas.

Quando em teu coração mora o azul do céu, a calidez do sol, o gorjeio dos pássaros, o perfume das flores, a nostalgia do entardecer, o encanto das manhãs, a serenidade dos lagos e o sorriso da ventura, lembra-te que alguém tocou o teu coração com a varinha milagrosa do amor.

Tu, que amas e vives no controvertido mundo do arco-íris e da escuridão, da calma e da agitação, da paz e da instabilidade, saibas que existe mais alguém habitando o teu planeta!

Nas horas felizes, partilha com ele teus sorrisos; Nas horas de solidão, vai, levanta-te e o procura, onde quer que ele esteja. Ele não é senão parte de ti, assim como tu és parte dele. Não olhes o relógio! Que importa as horas?
A vida é tão curta, não há tempo a perder.

Tu que amas, se tiveres a coragem e a singeleza de assim o fazer, abra teus lábios e canta o milagre do amor, porque só o amor aproxima as pessoas e faz com que falem a mesma linguagem!

Autor: (Lauro Trevisan)