Recent Visitors

Seguidores

Translate

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

ABRAÇA-ME


Enquanto o sono não chega,
todas as noites eu falo contigo.
Embora o escuro do quarto,
sinto teu olhar tão cristalino...
o arfar de teu peito...
teus cabelos de menino, que eu afago
minhas mãos seguras pelas tuas mãos tão meigas

Quando teu respirar se aproxima,
cálido e querido como uma
brincalhona brisa, brinca e desliza pelos prados,
sinto que tua boca busca pela minha
e nem bem ouço tua voz,
mais a pressinto pela vibração
dos teus lábios perguntando aos meus:
-Ainda me amas?

Ah! Abraça-me agora, meu amor
que minhas lembranças te fazem tão presente!
Abraça-me agora, meu querido,
que de tanto mentalizar-te,
eu te materializo!...

Minh'alma te busca pelas dimensões
cujos caminhos eu não reconheço!
E não temo pela tua paz,
porque envolto assim, em meu amor
sempre serás feliz!!

Abraça-me agora, meu antigo amor
e deixa-me te confessar sinceramente:
- A única certeza que tenho da eternidade,
é que vou te amar, eternamente!...
Maria Mercedes Paiva

Um comentário:

  1. Como é bela esta frase
    "Abraça-me agora, meu antigo amor"
    Tê-lo ao nosso lado é uma dádiva.
    Abraços forte

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!