Recent Visitors

Seguidores

Translate

terça-feira, 5 de março de 2013

Sempre e Sempre..A qualquer instante!



Se ela viesse e nada me 
perguntasse
e nem uma palavra 
minha
por mais incongruente 
que fosse
pusesse em evidência 
a minha fraqueza
de amá-la, 
como um lobo certamente 
faria...
então todo meu eu tremeria 
de emoções
e eu a abraçaria como quem 
abraça um ideal
desses que nos calores 
dos afagos se incendeiam...
só para que 
pudesse ter certeza que a
nossa vida de amores se 
constrói neste hoje mesmo,
sem aqueles passados 
que apenas deixaram
rastos nem sempre queridos...
mas permanentes 
como tatuagens que nunca 
mais saem.
E ao se esconder no medo 
de dar-se... você grita a tua 
cruel dúvida.
Acredite que é nas dúvidas 
que também 
a vida circunscreve os atos 
do querer mais amplo.
Então... esqueça o que foi...
e entregue-se para o que é...
e o que ainda poderá ser...
pois meus lábios como os teus...
estão secos...
secos de tanto esperar...
o momento do melhor amar !
Jogue teus véus...amarrote 
o que já existiu...
como se fosse folha já relida
e venha nova em folha...
a exibir a exuberância 
de teu interior...
moldado na beleza de teus 
mais fortes desejos.
Ah...mulher...
nossa cumplicidade bem
merece a paixão 
que não se pode confessar,
mas que se pode dar...
e receber
sempre e sempre a qualquer 
instante !
-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-
Autor : Cássio Seagull 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!