Recent Visitors

Seguidores

Translate

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Sou teu Leãozinho!

Sou teu leãozinho...
Hoje eu lhe dizia muitas palavras
de amor
para que ela se sentisse bastante
feliz
mesmo com essa chuva que caía
arredia
a mostrar que o nosso dia ia ser
sem sol,
e que se quiséssemos um pouco
de calor...
esse teria de vir da nossa própria
intenção.
Então meus olhos já te buscavam
ávidos,
só de pensar em nossos abraços
já acalorados,
pois agora estávamos nos querendo
muito,
mesmo quando teu olhar não
buscava meus olhos,
mas esse meu corpo que você
acendia inteiro,
numa paixão que nenhuma palavra
escondia,
porque você estava mesmo querendo
em mim
esse recostar-se de mulher toda vulcão
luzente
lançando sobre mim essa tua lava
incandescente.
Ah...tempos estes em que a nudez é
um mergulho
em águas tépidas nos beirais de teus
belos flancos,
onde sinto o deslize de minhas mãos
te buscando
para saciar em nós dois o que sempre
esperamos
dessa troca tão simples, mas de infinitos
ardores
que nos atiram num embate quentíssimo
corpo a corpo.
Ah...meu amor...
que palavras posso te dizer aqui,
neste momento em que urge e rugem...
essas nossas explosões que nossos
corpos exprimem como se fossem
derradeiras ânsias
que não mais terminam...
porque nada em nós pode se completar
como poema,
se você não for essa minha paixão feita
de desvario.
Hum...amor...você é meu vulcãozinho...
E eu teu leãozinho branquinho...rsrs.
=o=o=o=o=o=o=o=o=o=
Autor: Cássio Seagull
=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!