Recent Visitors

Seguidores

Translate

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Tremores de Amor!




Tremores de Amor!!


Muito além do que eu acredito
E medito em questões suas,
Esse tremores que sinto quando me aproximo
Abalado, tremendo exorbitante

Viajante, solitário

Mais que tolos que fraquejam
E almejam vacilantes amores
Fico trémulo, arrepiado...
Um coitado errante à beira da loucura
Ou louco sem saber,

Tremores de amor...

Misturados com dor e êxtase
Decaído, embora sóbrio em dizer
Palavras engasgadas que não saem
Me sufocando, enigmático
Lunático perdido em meus tremores
Por amores, por dores
Que não fogem e nem me abandonam.

Esses tremores

Ilusórios e notórios, essenciais
Viciantes como teu cheiro
Ligeiro me aquebranto
Tremendo... gemendo
Amante de você!


(Cleber Batista)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!