Recent Visitors

Seguidores

Translate

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Verbo Amar!


O Paradoxo, a idéia sobre o Amor
Nos faz refletir e analisar se um dia já amamos,
ou se fomos amados realmente
Ou se ainda existe um amor, um sentimento
Maior quem sabe que tudo que já sentimos
O amor é indiferente, de cor de pele, de raça,
Ele é maior que tudo isso e vai além,
Ele não acaba ou diminui, ele é ou não é
Se acabou... não era amor
Ou se ama verdadeiramente ou é ilusão
Perceba que o Amor verdadeiro
transpôe barreiras de qualquer natureza,
O corpo dá sinais quando se ama de verdade
A necessidade de estar ao lado da pessoa é incontrolável
O coração acelera ao receber uma ligação
A respiração fica intensa, aí vem o suspiro inevitável
O sangue ferve na veia, o suor percorre lentamente a pele
Dependendo do assunto as pernas bambeiam
E a cada dia ao lado da pessoa é único,
É como se fosse o primeiro, o último
E fato de perdê-la se torna um tormento, um pesadelo
Isso sim é Amor...
Belo e Inexplicável


(Cleber Batista) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!