Recent Visitors

Seguidores

Translate

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Perdidos de Tanto Amar!

perdidos de tanto amar


Vinham os dentes 
todos 
querendo dar-me 
uma mordida
e como bola de tênis 
escapo
desse teu querer tudo,
mesmo inesperado.

Ela me olha como 
loba mansa, e nem sei 
se é de desejo ou 
de extrema paixão,
mas tenho 
de reconhecer que 
sua voz é suave como 
um vento outonal.

As folhas caem...uma 
detrás da outra,
e numa relva mais 
macia que travesseiro
reúno meus 
pensamentos amorosos,
pois se em ti penso,
logo...
estou perdido.

Sim meu amor...logo 
estou perdido.
Perdido de tanto te 
amar,
apesar de sentir dentro 
de mim
que teu olhar e tuas 
doces vontades
nunca serão minhas,
mas de um destino 
apagador de ilusões
e que faz crescer...
apenas...
o meu olhar no teu,
que nem sei tudo 
o que diz,
pois contigo
sinto-me aprendiz
em meu amante amor.

Ah.. você quer mais...
eu te dou mais.
Toda a minha paixão.

Aceite este bombom
Rocher.
Você quer ?

Nãooooooo....
Eu quero você.

Hum...e agora ?

Cássio Seagull

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!