Recent Visitors

Seguidores

Translate

quarta-feira, 3 de julho de 2013

A vida te sorri Meu amor!




Anunciada está a noite
que em mim se desmancha
como se fosse uma prancha
onde deslizo meus pensares.

Você que chega e se apaga
como uma tarde postergada
para gerar dentro de mim
esse teu ar de mulher feita.

Essa vontade que te consome
de querer ser o que não pode ser,
porque a vida te soa mais algures
e não aqui onde teu canto soa.

Voa pássaro...teu destino é voar,
e do alto..mas não do altíssimo,
ver aqueles antigos passos passarem
como a vida em seus largos passos.

Soa um violino...onde ela se afina
para que nada destoe de seu prazer
de ter um arco...mais que um triunfo,
pois aqui ela termina sua partitura.

Aqui...onde você ainda é toda você,
neste hoje em que te descubro ébria
das mais ardorosas palavras de amor
que em mim chegam uma a uma.

Você que quer ser agora toda pura..
ouça os clamores de tuas dúvidas...
O que foi jamais voltará a se repetir
porque o passado nunca se repete.

A vida te sorri...desde um album.
Vem amor...não há mal algum 
neste beijo que eu te prometi.


Cássio Seagull

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!