Recent Visitors

Seguidores

Translate

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Princesa...Ah Princesa!!



Sutilmente você aparece 
contigo mesma,
porque nesta vida há em ti 
vontades surdas
essas que me dizes para que 
de ti recorde
mesmo que seja em algumas 
poucas linhas.

E você que agora sabe que é 
uma princesa...
grude todos os meus desejos 
em teus olhos,
esses escuros que com a noite 
confunde-se,
só para dizer-me que é tempo de 
enamorar-se outra vez.

Talvez quem sabe...a roleta 
possa parar
naquele número que me dá 
o teu prazer,
e que em ti posso sentir, mesmo 
depressa,
como é teu jeito de entender 
o teu amor !

Ah...princesa...rainha de antigas
noites
que só de pensar me dá muitas
vontades,
porque, na realidade,você apenas 
paira sobre mim...
como um alado pássaro.

E o que quer de mim...difícil 
é saber !
Difícil é dizer.
Mas como é fácil te sentir !!!
Do eco deste meu ser que te quer !

Princesa...Ah...princesa !
Não demore ...não demore...
para trazer teu volúvel querer.

Cássio Seagull 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!