Recent Visitors

Seguidores

Translate

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Abissal Amor!




Mesmo que o crepúsculo
seja breve,
ainda deixa no céu aquele
voo pássaro
que se alinha no horizonte
deste anoitar...
buscando o rumo das
estrelas.

A Lua se alvoroça...e surge
antes do tempo
só para que você soubesse
que não te esqueço,
mesmo quando você é
apenas você mesma
e distraída de nosso amor.


Mas revoluteiam as línguas
mais adjacentes
e que não poderão mais ser
sequer contidas
criando um clima de um
sol já escondido,
pois na natureza de teu ser
ainda és uma flor,
mesmo não querendo ser.

Há um manto cobrindo
esta noite acontecida
e há como um desejo em
potência
que não quer se mostrar,
pois a alma
desconforma-se toda
quando há pensares a dois.

Vagas...as ondas são como
quebrantos
e meus olhos te buscam...
nesta noite
em que meu ser estremece,
como diante
de um abismo, onde no fundo...
ainda sobrevive nosso amor !

Abissal amor...abissal amor...
que só me dá calor e arrepios !!!
Hum...bom demais...

Cássio Seagull

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!