Recent Visitors

Seguidores

Translate

sábado, 23 de novembro de 2013

O Amor...Nunca esteve Ausente....!



Corriam teus olhos 
com brilho de safiras !
Preso nas areias de 
meus sonhos
a nau da vida...erguia 
seu mastro.

E se perguntasse onde 
ela estava...
era fácil dizer num 
só instante:
estava em meu coração 
ainda ardente.

E nossa vida percorria 
saudades !
Umas que se queria 
muito sentir
e logo outras que o rés
do tempo apagara.

Mas eis que de repente
ela surge !
É como o ressurgir...
de um novo broto
que o vento abana nas 
escondidas cinzas !

E de novo...há um voo...
resplandecente.
E ela voa seu voo...numa 
canção que o vento entoa.
Ela se lembra...comove-se
e sente desejos.


E em mim ela deixa 
aqueles mesmos lábios
rubros de paixão...
que nos meus ainda 
sinto com sabor de diva 
renascida.

E num estremeção, num 
repente de seus sonhos...
ela acorda e tudo sente,
pois, na verdade, ela nunca 
esteve ausente.

Nem eu.


Cássio Seagull

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!