Recent Visitors

Seguidores

Translate

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Ai Amor, Até que Enfim!






Ela sempre 
aparecia 
de 
repente... 
Com aquele ar 
provocante, 
fatal, 
e me dizia 
claramente: 
eu venho, 
porque 
adoro te 
provocar. 
E sempre 
ela 
fazia-me 
entender 
que seu 
amor 
não era 
pouco. 

E o que tinha 
para dar-me 
de si mesma 
nunca era em 
minutos que 
se esgotava, 
pois sua regra 
ainda era a 
do mais e mais. 

E para essa 
regra 
não havia 
exceções, 
porque entre 
nós não havia 
desencantos, 
já que vivíamos 
um dentro 
do outro. 

E não havia nada 
mesmo que 
nos separasse 
Porque nossos 
sentimentos 
eram lindos 
demais, 
e apenas o amor 
nos unia sem 
muitas 
explicações. 

Nosso amor 
nem 
permitia que 
se sentisse 
solidão, 
e era como se 
não 
conhecêssemos 
essa palavra, 
porque nossos 
encontros 
eram de 
pura alegria... 
com nossos olhos 
brilhando 
como 
duas estrelas. 

Ah...furor e paixão 
nessas tuas 
veias não faltavam. 
Mas agora, nesse 
acabar 
de chegar 
aos meus braços, 
eu te quero em 
mim para um amor 
sem fim... 

Ai...amor.... :) 
até que enfim !!! 



Cassio Seagull

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!