Recent Visitors

Seguidores

Translate

segunda-feira, 24 de maio de 2010

NO SILÊNCIO EU TE AMO..



Hoje o silêncio me abre as
portas do céu,
e você ainda em mim segue
com teu brilho,
que a noite escura não pôde
esconder. 
Valquírias tremulantes em suas
brancas vestes
percorrem meus pensamentos
feitos de você,
que cavalgando odisséias é o
coração que me desvestes. 
Ah...meu amor...ouvir de tão 
longe essa tua voz
que chegou até mim com um
sorriso de saudade.
É como um mergulho em teus
desejos latentes, 
porque eu sei que você me quer
como te quero,
assim livre de todas as peias e de
todas as teias,
numa entrega que é esse teu sorrir
bem no meu. 
Uii...amor eu sei o que você está 
sentindo, eu sei,
porque dentro de mim és o mar
que abranda sargaços.
E eu, certo de teu amor, sou para
ti os meus abraços, 
desses que envolvem todo esse
teu querer,
que te queima por dentro,
alucinando volúpias,
expressos em risos altos
nesta
tua boca carmim. 
Ai...estrela...ai....estrela...você 
ainda me guia
nessa senda que em nós de abriu
como fenda,
porque além de estrela, agora
você é minha lenda. 
E teu perfume ainda está aqui,
depois de tua partida,
para lembrar-me que você
está sempre presente aqui. 
E que para ti nunca vou estar
ausente...


minha amada estrela...da noite. 


=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o=o
Autor: Cássio Seagull

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!